Hipnoterapia

Hipnoterapia

OS NOSSOS TEXTOS NÃO ACOLHEM O ACORDO ORTOGRÁFICO

HIPNOTERAPIA

Estamos em hipnose sempre que a relação habitual entre a mente consciente e o subconsciente é reconfigurada, de modo a que o subconsciente desempenhe um papel mais dominante…

Quando estamos hipnotizados não estamos a dormir.

A nossa mente consciente está sempre ciente de tudo por que estamos a passar enquanto nos encontramos em estado hipnótico. Apesar do profundo contacto com o subconsciente, a nossa mente consegue comentar, criticar e censurar. Temos sempre controlo sobre o que dizemos.

A hipnose não é o “sono da verdade”.

Trata-se de uma espécie de entrada numa máquina do tempo em que, de repente, somos transportados para outro lugar e época, mas sempre com consciência do momento presente…

Trata-se de ouvir a voz orientadora de alguém que ajuda a focar a concentração e ajuda um paciente a alcançar um nível mais profundo de hipnose e relaxamento.

Não há nenhum perigo na hipnose.

Nenhuma pessoa que se tenha entregado à hipnose ficou, alguma vez, “presa” no estado hipnótico. Pode-se regressar de um estado de hipnose sempre que se queira. Nunca ninguém violou os seus princípios morais e éticos. Nunca ninguém agiu involuntariamente.

Ninguém nos pode controlar. Só o próprio tem o controlo.

Na hipnose, a nossa mente está sempre aberta e a observar. É por isso que as pessoas que possam estar profundamente hipnotizadas e envolvidas activamente numa sequência de memórias de infância ou de vidas passadas, conseguem responder às perguntas do terapeuta, conhecer os lugares geográficos que estão a ver e até mesmo saber o ano, que geralmente surge à frente do seu olhar interior ou se limita a aparecer nas suas mentes.

A mente hipnotizada, sempre a reter uma consciência e um conhecimento do presente, coloca dentro do contexto, as memórias de infância ou de uma vida passada.

Se lhe surgir o ano de 1960 e der por si a construir uma pirâmide no Antigo Egipto, saberá que o ano se reporta à época ’a.C.’, ainda que não veja estas letras.

Também é por isso que um paciente hipnotizado, dando por si como um camponês a combater numa guerra medieval europeia, por exemplo, consegue conhecer pessoas dessa vida passada e que estão na sua vida actual. É por isso que consegue falar inglês moderno, comparar as armas rudes dessa época com aquelas que possa ter visto ou usado nesta vida, dar datas e assim sucessivamente.

A mente do presente está aberta, a observar, a comentar.

Pode sempre comparar pormenores e acontecimentos com os da sua vida actual. É, simultaneamente, o observador do filme, o seu crítico e geralmente, também a estrela protagonista.

E ao longo de todo este tempo, permanece no relaxado estado hipnótico.

Terapeuta:

José Carlos Valério

Terapeuta e Formador

Valor:

1.ª Consulta – 60.00€

Seguintes – 40.00€

Duração:

1.ª Consulta – 1 hora e trinta minutos

Seguintes – 1 hora

Informações e marcações:

Infinito Crescer – 262 082 183 / 963 322 727 / 967 723 360

E-mail: geral@infinitocrescer.pt